Seja um Piloto

 

O candidato interessado em ingressar na carreira de piloto de aeronaves tem inicialmente dois caminhos a seguir; o de piloto civil e piloto militar. Optando pela carreira de piloto militar o mesmo deverá realizar concursos públicos de seleção e terá seu treinamento custeado pela União, para maiores detalhes acessem o site da Força Aérea Brasileira (www.fab.mil.br). Piloto civil, inicialmente o candidato(a) devem procurar um aeroclube ou escola de aviação de sua escolha e matricular-se como aluno no curso de piloto privado.

 

A carreira de piloto divide-se em 3 níveis:


PILOTO PRIVADO - 40 horas de vôo;
PILOTO COMERCIAL - 150 | 200 horas de vôo;
PILOTO DE LINHA AÉREA - 1500 horas de vôo.

 

1º Passo:

Para o curso de Piloto Privado de Avião, é realizar um exame para a obtenção do Certificado Médico Aeronaútico (CMA) de 2º classe, em um hospital da Aeronáutica ou Clínica Médica Credenciada, este certificado tem validade de 2 anos, para solicitar seu exame é necessário uma carta de apresentação do Aeroclube ou Escola onde o candidato vai realizar seu curso.

 

2º Passo:

Realização do exame de conhecimentos teóricos em uma Unidade Regional da ANAC, para isso é recomendado que antes o aluno freqüente um curso teórico em um Aeroclube ou Escola de Aviação de sua escolha ou que o mesmo estude de maneira autoditada, a fim de se preparar para o exame, este que é composto de 5 cadernos contendo 20 perguntas sobre as disciplinas de REGULAMENTOS DE TRÁFEGO AÉREO, METEOROLOGIA, NAVEGAÇÃO ÁEREA, TEORIA DE VÔO E CONHECIMENTOS TÉCNICOS, é necessário pelo menos 70 % de aproveitamento em cada matéria para aprovação do candidato.

O material de estudo pode ser encontrado na internet ou adquirido em lojas especializadas, é recomendado o site (www.pilotocomercial.com.br) que possui vasta fonte de informações.

 

3º Passo:

Aprovado no exame de capacidade física e no exame de conhecimento teórico o candidato está apto a iniciar a parte prática do curso em um Aeroclube ou escola de aviação de sua escolha.

O curso prático compreende de no mínimo a realização de 40 horas aula de vôo ou mais dependendo do desempenho do aluno, o curso é dividido em 3 fases, PRÉ-SOLO, APERFEIÇOAMENTO e NAVEGAÇÂO, onde o aluno é constantemente avaliado, para poder progredir na instrução, ao final do curso prático o aluno deve encaminha para a Unidade Regional da ANAC o qual pertence a escola por ele voada, toda a documentação relativa ao seu curso para o pedido de realização do vôo de avaliação e perícia (vôo de cheque) por um examinador devidamente credenciado pela ANAC.

Este vôo compreende no mínimo de 01:30 horas de vôo onde o aluno deverá mostrar o que aprendeu, estando aprovado no vôo de cheque o aluno aguarda a emissão de sua licença de Piloto Privado pela ANAC, estando então apto a exercer função em comando em aeronaves monomotoras de caráter privativo sem função remunerada.

 

Dando prosseguimento na carreira

Para quem tem interesse em se profissionalizar na aviação e ser pago para voar, o caminho a seguir é a realização do curso de PILOTO COMERCIAL, onde novamente o aluno deve se submeter a um exame para obtenção do Certificado de Capacidade Física de 1º classe, novamente freqüentar aulas em um aeroclube ou escola de aviação do curso de teórico de piloto comercial, novamente realizar em uma Unidade Regional da ANAC o exame de conhecimento teórico, e então estando aprovado nos exames de saúde e teórico o passo a seguir é acumular experiência de vôo para solicitar a carteira de piloto comercial.

A quantidade de horas de vôo exigidas varia se o aluno realiza seus vôos em um Aeroclube ou escolas homologadas (150 horas) ou se realiza o treinamento em aeronave particular (200 horas) com um instrutor de vôo devidamente credenciado pela ANAC.

Quando tiver acumulado a quantidade de horas de vôo suficientes o aluno deve encaminhar para uma Unidade Regional da ANAC sua solicitação para a realização do Vôo de avaliação e perícia por um examinador credenciado pela ANAC, feito o vôo e o aluno estando aprovado é aguardar a emissão da licença de piloto comercial, onde o mesmo estará a opto a exercer função remunerada a bordo de aeronaves ou atuar como comandante.

Apêndice: Além do curso de piloto comercial o interessado ainda pode realizar os cursos de INVA (instrutor de vôo avião)

IFR - Licença de vôo por instrumentos
LPQD – Lançador de pára-quedas
RBF - Rebocador de faixas
PAGR – Piloto agrícola

 

| Requisitos para Licença de Piloto Privado - Avião |

Ter 18 anos completos;
Certificado de conclusão de ensino fundamental;
Certificado de Capacitação Física (CCF) 2º classe válido;
Aprovação em exame teórico de Piloto Privado;
Mínimo de horas necessárias em aeronave da categoria pretendida; *
Aprovação em exame de perícia;

 

| Requisitos para Licença de Piloto Comercial - Avião |

Ter 18 anos completos;
Certificado de conclusão de ensino médio;
Certificado de Capacitação Física (CCF) 1º classe válido;
Aprovação em exame teórico de Piloto Comercial;
Mínimo de horas necessárias em aeronave da categoria pretendida; *
Aprovação em exame de perícia;

•Para mais informações sobre a quantidade de horas exigidas para cada categoria, acesse www.anac.gov.br.